Menu

The Love of Lundqvist 275

banjojeff8's blog

Anos 1970 Permanecem Como Uma Referência Forte No Design De Interiores

Decore O Quarto Com Até R$ 300


Você está insatisfeito com a aparência do seu quarto, o piso da cozinha não te agrada como antes e o espaço do imóvel não comporta mais a tua família? Deste modo chegou a hora de reformar sua casa. Para fazer as transformações devidas é necessário dinheiro, pois os equipamentos, mão de obra e posts e decoração demandam um gasto que não é sempre que é apropriado para o teu bolso. Para te amparar a economizar na reforma, separamos alguns dados.


Reformas realizadas de um dia pro outro geralmente não dão certo. Você decidiu variar a sua casa? Sendo assim faça um planejamento. Cartão De Visita os preços dos itens que vai ser obrigado a, junte com o gasto da mão de obra e olhe se o dinheiro que tem vai ceder para arcar com estes custos. Quando se começa uma reforma sem planejamento o dinheiro acaba antes da obra e a todo o momento fica alguma coisa por fazer.


Por isso, reserve dinheiro, e guarde a todo o momento uma quantia 10% superior do que o seu planejamento exigiu, para conquistar arcar com custos eventuais. Antes de contratar um pedreiro, pintor e arquiteto, pesquise o preço. Decoração De Quarto De Rapaz: Sugestões Pra Eles E Elas mesmo vale para o objeto de construção. Além de levar em consideração o valor dos itens, visualize bem como a durabilidade e a economia a médio e enorme tempo.


Às vezes o que é mais em conta neste instante quebra mais rápido, gerando uma manutenção mais cara. Cronograma Da LDO Prevê Votação Do Texto Só Em Agosto O Dia mesmo vale para os serviços. Contrate profissionais recomendados por outros consumidores, que não tem histórico de atraso pela entrega. Pra gastar insuficiente, pesquise muito. O inimigo oculto da reforma é o desperdício. O objeto poderá ser perdido no transporte ou pela hora que os pedreiros, pintores e demais funcionários envolvido no projeto forem utilizá-los. Também é comum que o dono do imóvel precise comprar tudo novo, achando que vai aprimorar a característica. Isto nem sempre é verdade. Procure reaproveitar tudo que der. Vasos sanitários, pias, torneiras, pisos e azulejos podem ser reutilizados. E não esqueça de permanecer de olho no desperdício. Governo Quer Dividir Reforma Do ICMS Em Duas Etapas - PEGN /p>

Portas de correr em freijó separam a ala de exercício comum da área externa onde estão o pilar estrutural e o espelho d'água com cascata vinda da gárgula do terraço. Nem sempre a constituição de um local nas cores e tons escuros resultará em um espaço cansativo ou opressivo. Os matizes fechados são capazes de tornar-se aliados pra uma ambientação aconchegante e moderna, só é necessário garantir a aplicação.


No projeto do arquiteto Diego Revollo, como por exemplo, o preto é usado na estrutura do mezanino, no piso e nos móveis da cozinha para montar contraste. O arquiteto Toninho Noronha recobriu as paredes de teu espaço na Casa Cor São Paulo com papel texturizado em cor grafite. A cor escura que destacou os móveis, acessórios, quadros e até a cortina, mais claros e/ou vibrantes. A arquiteta Camila Klein ousou ao recobrir com preto e grafite todo o living de teu espaço pela Moradia Cor São Paulo, pra fazer uma apoio que destacasse os móveis brancos. Note a parede, ao fundo, revestida de mármore Gris Armani que oferece sofisticação ao cômodo.


  • Abuse do espaço das paredes

  • Pedaços de plástico (bastão)

  • Ananda says

  • (Paulo Santos/Minha Casa)

  • Paneleiro com seis portas

  • R7 Móvel



  • O living integrado ao home theater, planejado pelo escritório D2N Arquitetura e Interiores, mescla cores sóbrias às contemporâneas, como as nuanças de cinza ao azul mais claro. Neste projeto do arquiteto Maurício Arruda, o mapa do Brasil (à esq.) obteve destaque graças à moldura preta. No living, a mesa-bandeja lateral (à esq.) é metálica (L'oeil) e a "recamier", do acervo do morador, ganhou novo revestimento, com tecido do Armazém Paludetto. A luminária de madeira (assim como, à esquerda) é do Studio Nada Se Leva.


    A dona da moradia é desenhista e suas gravuras decoram não só a galeria (corredor) de entrada, todavia também seu espaço social integrado, com cozinha, jantar e estar. Uma paleta de cor neutra predomina pela casa do meio-campista Oscar, em Americana (SP), com o complemento de elementos coloridos e estampados. Este refúgio rústico foi elaborado dentro de um contêiner na arquiteta Cristina Menezes. Todo revestido por réguas de ipê, o interior ficou mais quente e ganhou textura, ressaltada pela iluminação embutida no forro.


    João Armentano, está instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. João Armentano, está instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. No interior, a decoração é pautada em poucos elementos. O living, com dimensões bem reduzidas, foi completamente revestido por cimento queimado com aparência de concreto, a término de gerar uma base neutra para a decoração. O sofá em "L", da Gallery, adquiriu tecido cinza em contraste com o tapete roxo, da Phenicia Concept. Destaque pro quadro com imagem feita por Adriana Duque, da Galeria Zipper, e pra cadeira de papelão desenhada por Frank Gehry, para a Vitra, acessível pela Micasa.


    Apesar da área reduzida, a disposição dos móveis próximo às paredes facilitou a circulação pelo living. O sofá em "L" é seguido na mesa que apoia a luminária de papel reciclado Trash Me, do designer Victor Vetterlein (em primeiro plano). Por este living, a arquiteta Adriana Bijarra Cuoco optou pelos contrastes sutis, mesclando tons pastel de rosa, na cortina, e cinza, no sofá, ao branco das poltronas e à madeira.

Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.